F1 Jacarepaguá 1988: uma corrida a se lembrar

Embora tenha sido interrompida precocemente pelo acidente que ocasionou a sua morte em Ímola, a vida do tricampeão é marcada por corridas históricas como o GP de Mônaco em 1984, os GPs do Japão (em 1988, 1989 e 1990) e a vitória em Interlagos em 1991. Mas foi na corrida de Jacarepaguá, em 1988, que o piloto mostrou todo o seu potencial para o mundo e para a equipe que acabava de acolhê-lo.

O Circuito de Jacarepaguá foi cenário da abertura de calendário da F1 em 1988 e tinha, entre outras novidades, Ayrton estreando na McLaren. Naquele fim de semana, Ayrton conseguiu a pole-position, mas largou dos boxes por problemas no motor. E daí foi possível ver a proeza em pista do Brasileiro conquistando posição a posição o espaço que o levaria ao segundo lugar. Foi então que a comissão de pista o desclassificou por considerar irregular a troca de carros nos boxes após o tempo regulamentar.

A corrida de Jacarepaguá em 1988 não acabou com uma vitória de Ayrton, mas foi um indício claro de como aquele piloto jovem de capacete amarelo poderia brilhar na equipe que havia acabado de abrir as portas para ele.

Partilhar